GUILHERME PORFIRIO

FIGURA PÚBLICA

Trajetória

14 aos 16 anos de idade

As primeiras iniciativas

Aos 16 anos de idade resolvi por iniciativa propria ir vender serviços gráficos, observei uma falta no mercado e dei para essa falta o nome de DISK FÁCIL que foi o meu primeiro fracasso e sucesso. Meu primeiro produto. Minha primeira empresa, minha travessia em um deserto de frustrações, sonhos e possibilidades.

ASSISTA

17 anos aos 17 e meio

O negócios dos planos funerarios

Estava tentando superar o fracasso no disk fácil e daí que me surge a IDEIA: Vou na empresa atras da minha casa e vou pedir um emprego para vender os planos funerarios deles, eis que eles aceitam mas eu não consegui aceitar por mais de 1 (um) mês matar os meus sonhos.

ASSISTA

17 e meio aos 19

Pequenos passos

Por perto dos 17 anos e meio, sem carro, sem muito dinheiro, precisava dar a volta e vender pra valer algo que colocasse caixa na minha conta. Arrumei uma bicicleta eletrica e um gerente que disse: Rapaz se você vendeu ATÉ plano funerario aqui você vai vender demais. Vendi mesmo. Ganhei um pouco. Depois ganhei muito mal. A travessia no deserto continuava.

ASSISTA

19 aos 22 anos

Dificuldades e chutes

Foi o periodo mais complicado de toda a minha vida até os dias atuais em que escrevo no mês de maio em 2020.

começa com muita arrogancia, passa por um desejo de suícidio e termina com uma puta superação.

ASSISTA

22 aos 25 anos

Superações e porradas

Abri nesse período uma corretora digital de seguros e uma empresa de participações, alem de uma iniciativa no mercado de produção audiovisual Consegui conquistar um sócio investidor para uma ideia até que boa. captei uma boa grana dessa vez. Rendeu alguns reais… Funcionou como inovação até que não funcionou mais. Abri informalmente uma empresa de T.I fiz algumas coisas e continuo tentando, até que para persistir eu sou bom pra caralho.

ASSISTA